segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Processos judiciais encontrados no lixo!!!

Parece incrível, pura ficção, coisa imprevisível mesmo num país dos mais atrasados do terceiro mundo.

«Escrituras com nomes e respectivos contactos (moradas e telefones), relações de heranças, notificações para audiências ou peritagens de seguradoras com a identificação das viaturas são alguns exemplos dos documentos confidenciais encontrados pela Agência Lusa dentro de contentores, colocados nas traseiras do Palácio da Justiça, em Lisboa.»

Como é possível??? Quem está responsável pela guarda de tais documentos? Como é controlado o trabalho de tais pessoas? Como foram admitidas, por concurso público ou por confiança política ou cunha de um amigo do partido? Como é feita a avaliação do desempenho nesses serviços? Que regras estão estabelecidas?

Surgem tantas dúvidas acerca de notícias como estas que não sabemos em que instituições e pessoas podemos acreditar. Será que nós, portugueses, nos transformámos em imbecis irresponsáveis, incapazes de executarmos com rigor as mais fáceis tarefas?

Para conhecer mais pormenores clique aqui Processos judiciais nos caixotes do lixo do Palácio da Justiça de Lisboa

5 comentários:

Beta disse...

Nossa e eu pensava que essas coisas só aconteciam por aqui...
Lamentável né?

Bj
Beta

A. João Soares disse...

Querida Beta,

Sugiro-lhe que visite os comentários que tem este post no blog Do Mirante. Pode não ter acontecido por erro ou descuido!
No mundo cão em que vivemos tudo é possível.

Beijos
João

Fernanda disse...

Querido amigo João,

Pois já li tudo e fico pasmada.
Eu ouvi a notícia esta manhã e nem queria acreditar.
Se os documentos devem ser guardados 25 anos e há processos de eliminação rigorosos, como se explica isto tudo???
Será que foi de propósito para que viessem a público???
Descuido não foi, de certeza....

Beijos

A. João Soares disse...

Querida Ná,
Nestas coisas não há certezas, mas as suspeitas são fruto da capacidade de pensar, com independência e com lógica.
Se alguém for castigado será o mais humilde dos funcionários. Plo contrário, se houvesse um caso perfeito, as loas iam para o mais alto chefe.
A vida é cheia de ingratidões.

Beijos
João

Maria Letra disse...

Querido amigo,
Vivemos uma época de escândalos, de corrupção em grande escala, de vigarice. É, portanto, lícita, a conjectura. Mas eu prefiro ficar na posição de espectadora: "deixa ver o que vai sair daqui!"
Um abraço.
Maria Letra