quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Terceiro Aniversário - 3

Transcrição de e-mail recebido da Amiga e colega do Sempre Jovens, Maria Letra, com um poema alusivo à data.

Desta minha forma de homenageá-lo a Si e ao Seu trabalho em "Do Mirante", "Do Miradouro", fará o que muito bem entender. Aí vai, portanto, com um grande beijinho que sai do meu coração:

Um gesto de Amor ...

Parabéns, caro João,
Por este dia de festa!
São actos do coração
Que movem outras, como esta,

De criar um Miradouro
E um Mirante, também,
Dois blogues como ouro
Citando o que mais convém.

E o que me surpreende,
E que não vejo em nenhum,
É escrever sôbre o que sente,
Sem tomar partido algum.

No princípio, meu amigo,
Talvez pela minha idade,
Não queria 'levar consigo'
A chamar-me à realidade.

É que aquilo que escrevia,
Activava o meu pesar
De coisas que eu insistia,
Não voltar a recordar.

Estava farta, estava cheia,
De tanta corrupção
Que sabia, volta e meia,
Abalar minha Nação.

Mas foi aqui, neste espaço,
Que despertei, novamente,
Daquele meu grande cansaço
E voltei a estar presente.

Presente sim, por AMOR
Lado a lado com o João
E com aqueles em que dor,
Seja a sua condição.

Parabéns, meu querido Amigo,
Deus lhe deu um grande dom.
Eu estarei sempre consigo,
Por ser um Homem tão bom.

DISSE BOM e não bonzinho,
Que m' entenda, por favor.
Parabéns querido amiguinho!
Lute sempre, pelo Amor!

Maria Letra

14 comentários:

Beta disse...

Lindo!!!
Parabéns!!!

Bj
beta

A. João Soares disse...

Querida Beta,

Isto é o resultado de uma amizade baseada no respeito mútuo e na tolerância de opiniões diferentes mas visando um mesmo objectivo, o de melhorar a vida de todos os seres humanos mais desprotegidos e explorados.

Beijos
João

Fenix disse...

Tão bonito!
E bem merecido!

Aqui junto os meus PARABÉNS!

Continue o bom trabalho em prol da comunidade!
Continue a brindar-nos com a sua companhia!
Felicidades, para si e para os seus blogues!

Abraço
São

A. João Soares disse...

Querida São,

Isto é a febre da «terapia do elogio». Leram o post com este nome colocado no Sempre Jovens em 10 do corrente e lembraram-se agora de pôr em prática este sistema de cura!!!

É bom haver este espírito de solidariedade estimulando o trabalho dos outros quando bem intencionado.
Agora cabe ao visado melhorar a qualidade para não desiludir as pessoas que nele dizem acreditar!

Farei o posível.

Beijos
João

Tite disse...

Caro amigo João,

Bem... é mimos por todo o lado. Desde à Casa do Rau, Sempre Jovens, Mirante e do miradouro, e outros que eu até nem conheço... é uma festa pegada.

E eu que nem sabia de nada e hasteei a bandeira e coloquei o Hino Nacional no gramofone e tudo e tudo e tudo!!!!

Melhor era impossível

Parabéns e muita saúde para o João & Cia.

PS - Quanto aos meus rugidos ficarão sem dúvida menos agressivos se o Carvalhal ajudar rsrsrs

as-nunes disse...

Caro amigo João

Temos andado um tanto arredios até porque já somos tantos na blogosfera que não teríamos qualquer hipóteses de andar a saltitar e cumprimentar e comentar todos os posts que vão sendo colcocados na Net.

Muitos parabéns por este lindo aniversário, tanto mais que se trata de um blogue que visito com gosto.

Um grande abraço

António

Gui disse...

Vim deixar um grande abraço de felicitações pelo 3º aniversário dos seus excelentes blogs. Vou ser visitante assíduo.

Mariazita disse...

Meu caro João
A nossa amiga Fernanda teve a amabilidade de me avisar que os seus blogs fazem hoje 3 anos.
Preciso ir agradecer-lhe, pois doutro modo não estaria aqui a apresentar-lhe parabéns.
A minha "acção" na Net tem estado reduzida ao mínimo dos mínimos. Tenho-me limitado a agradecer os comentários que as amigas e amigos deixam nos meus blogs. Por isso...ia cometer a falta de não o parabenizar.
Desejo as maiores felicidades para os seus blogs, e que contem muitos e muitos anos.

Uma noite feliz e um abraço
Mariazita

A. João Soares disse...

Querida Tite,

Já noutro local lhe agradeci a sua amabilidade. Palavras amáveis servem de estímulo a continuar. Mas sempre que discordar de qualquer pormenor ou queira sugeris maiores explicações das ideias expostas não se iniba. Sou preguiçoso e preciso ser espicaçado para me expressar e sair da mudez reflexiva!

Beijos
João

A. João Soares disse...

Caro as-nunes,

A pompa e circunstância desta «festa» não se me deve. Foi uma surpresa de umas amigas que decidiram empurrar-me para a plateia, para a qual não estou vocacionado.
E tudo isto cria em mim exigências de perfeição difícil de atingir, mas não recuso desafios.
Cá continuaremos enquanto pudermos...

Um abraço
João

A. João Soares disse...

Caro Gui,

É sempre com prazer que visito os seus blogs com conteúdos variados e muito dedicados a Sintra, a cidade da serra da Lua, com os seus mistérios e a sua luxuriante vegetação.
Muito obrigado pela sua visita e apareça sempre que nisso tiver prazer.

Um abraço
João

A. João Soares disse...

Querida Mariazita,

Pregou-me um susto, mas o Eurico serenou-me o espírito. Desejo que em breve esteja em pleno na Blogosfera para prazer de todos os amigos. Já vão longe os dias em que se lançou à Casa da Mariquinhas, com a sua meticulosidade dos posts ao domingo e à quinta.
Sou um indisciplinado e coloco posts conforme aparece tema ou inspiração e por vezes abuso. Pouca gente os lê mas actuo por prazer e pelo gosto de ir lá atrás e depois fazer um link que mostra que o tema já não é novo. Isso obriga a coerência ou a explicar as alterações de ponto de vista.

Beijos
João

Luis disse...

Caríssimo João,
Lindo poema que bem demonstra o Amor, Carinho, Respeito e Consideração que têm por ti!Tu mereces!!!! Tens sido o esteio não só destes blogues mas igualmente dos Sempre Jóvens e de todos aqueles por onde passeias a tua sabedoria e a tua solidariedade!
Um grande e muito amigo abraço.

A. João Soares disse...

Caro Luís,

Este poema da nossa Amiga Maria Letra tem muito valor pelas condições em que foi escrito, pois horas antes ela tinha tido problemas cardíacos, avisou que ia enviar umas palavrinhas de parabéns, e depois saiu este retrato daquilo que pensa serem as minhas qualidades.
Muito simpática e com um poema muito amigo e com a qualidade que já lhe conhecemos.
É destes gestos que a humanidade precisa para recuperar valores d amizade, civismo, solidariedade e luta por um mundo melhor onde todos tenham um lugar para respirar sem serem explorados por corruptos e ambiciosos capazes das piores batotas.

Um abraço
João