quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Diferença entre «correcto» e «justo»

Você sabe qual é a diferença? Os advogados, habituados a jogar com as palavras sabem. Se não leia:

Dois advogados encontram-se no estacionamento de um Motel e reparam que cada um está com a mulher do outro...

Após alguns segundos de perplexidade, um diz ao outro, em tom solene e respeitoso:
"Caro colega, creio que o correcto seria que a minha mulher viesse comigo no meu carro, e a sua mulher voltasse com V. Excelência".

Responde o outro:
"Caríssimo colega, isso seria o correcto, mas não seria o justo, especialmente tendo em consideração que V. Excelência está a sair, e eu ainda estou a chegar..."

É muito claro, não é?

3 comentários:

Fernanda disse...

Querido amigo João,

Está demais....
Beijinhos

Fê-blue bird disse...

Correcto ou justo...realmente dá que pensar!
Uma anedota cheia de significado, gostei mesmo!
Um abraço!

A. João Soares disse...

Caras Ná e Fê,

Realmente é mais justo que o segundo também se sirva, à semelhança do primeiro!!!
A serenidade dos advogados, habituados a situações graves, é exemplar, até porque estavam perante casos certamente já familiares e sem surpresas!

Beijos
João