sábado, 26 de março de 2011

Rui Rio merece aplausos

Transcrição de notícia que mostra que o bom senso está a regressar a Portugal. É dessa forma que se vai combater a crise. É preciso eliminar despesas inúteis e situações de injustiça social que ocorrem á custa dos contribuintes, para benefício de uns tantos sugadores das energias nacionais.

Junta Metropolitana do Porto com ordenados "insustentáveis"
Correio da Manhã. 25-03-2011. Por:Marcelo Brites com Lusa

Rui Rio pede salários mais baixos no metro do Porto

A Junta Metropolitana do Porto não aceita que o próximo Conselho de Administração da Metro do Porto mantenha vencimentos "elevados", defendendo uma redução face à actual situação do país, disse hoje o presidente da câmara Rui Rio.

Em declarações aos jornalistas no final de uma reunião ordinária da Junta Metropolitana do Porto(JMP), que hoje decorreu em Gondomar, Rui Rio considerou ser "um erro" que os "vencimentos se mantenham num patamar que é injusto para os portugueses", face à actual situação económico-financeira do país.

O presidente da Câmara do Porto afirmou que a presidente desta Comissão de Fixação de Remunerações da Empresa decidiu, sem consultar os restantes membros, que o próximo CA da empresa ganhará o mesmo que o actual.

A JMP decidiu, então, enviar uma carta à presidente daquela comissão dando conta desta posição e recomendando uma redução dos ordenados, disse o autarca do Porto.

A título pessoal, Rio afirmou mesmo que esta redução nos vencimentos "devia ser seguida por outras empresas públicas", mas destacou que, neste caso, "é inaceitável" que a decisão tenha sido tomada sem que tenham sido ouvidos os restantes membros da comissão, que conta com a representação da JMP.

A empresa terá que aprovar as suas contas consolidadas, bem como eleger um novo Conselho de Administração em breve, depois do actual mandato do ter já terminado em Dezembro de 2010.

Estava prevista a realização de uma Assembleia-Geral para quarta-feira, mas esta foi adiada.

Imagem do Google

3 comentários:

Pedro Coimbra disse...

Atenção que ele está a preparar uma candidatura à liderança do PSD.
O Passos Coelho foi eleito há meia dúzia de dias, ainda não chegou ao Governo, e já tem opisição interna.
Só no PSD!!

A. João Soares disse...

Caro Pedro Coimbra,

O PSD não é um partido, está todo partido. Ainda não se encontraram para formar uma unidade, uma organização, uma força. Enquanto todos os partidos têm mantido o mesmo líder, nalguns casos erradamente, o PSD muda de líder como quem muda de camisa. Acabam de eleger um que é suposto ser o melhor, a melhor escolha, e logo lhe puxam o tapete de debaixo dos pés e começam a cortejar o que se lhe segue.
Não é flor que se cheire. Assim, só admira como tem tanta gente a confiar nele as suas esperanças para um Portugal melhor.
O que safa o PSD é não ter uma concorrência competente e dedicada a Portugal. E as pessoas acabam por se inclinar para o menos mau.

Mas esta atitude de Rui Rio é exemplar e devia ser meditada pelo poder em todos os níveis. A actual situação de Portugal exige medidas semelhantes.

Um abraço
João
Sempre Jovens

Luís Coelho disse...

Rui Rio e as suas tiradas rápidas nem sempre as melhores nem as mais justas.
Esta parece-me ser aquela que PPCoelho tem medo de activar a nível geral, incluindo os próprios.

É inaceitável tantos salários milionários quando a maioria passa fome e desemprego....