quinta-feira, 22 de abril de 2010

Corrupção sem castigo



Depois de no post anterior se ficar com uma visão da Suécia, neste temos um retrato de um grave problema nacional, que já há meia dúzia de anos foi objecto de propostas do deputado João Cravinho, mas que continua sem um esquema sério de combate que prometa eficiência, como se deduz do vídeo publicado no post Enriquecimento ilícito. Ónus da prova.

2 comentários:

A. João Soares disse...

Como a verdade deve ser sublinhada, não deve ser ignorada a sentença hoje proferida em que a Relação absolve Domingos Névoa do crime de corrupção

Cumprimentos
João
Saúde e Alimentação

O Guardião disse...

Invariavelmente os corruptos ficam impunes, afinal estamos em Portugal. Cumps