domingo, 21 de novembro de 2010

Amiguismo. Bernardino Soares aponta o dedo

video

Venham donde vierem os gritos de alerta, é urgente acabar com esta falta de vergonha e este despautério. Todos gritam e barafustam mas não deixam de ser semelhantes quando toca a garantirem os seus "tachos" Haja ética, sentido de Estado e dedicação aos interesses nacionais. Prestigiem a Política com P maiúsculo.

2 comentários:

Luis disse...

Caríssimo Amigo João,
É urgente acabarmos com este estado de coisas. Que venha a 4ª República e com ela regressem os Valores Éticos que tão arredios tenham andado!
Um forte e amigo abraço.

A. João Soares disse...

Caro Luís,

É dever de cidadania estar atento a tudo o que se passa.

Infelizmente, a maioria dos portugueses não gosta de olhar à sua volta porque considera isso assunto desagradável de política, e não querem meter-se nisso. Mas 40% dos portugueses costumam votar e, em tais condições de ignorância, fazem-no sem consciência da sua escolha, o que significa que se submetem à escolha dos propagandistas dos partidos, votando às cegas.
Há um caminho longo a percorrer para que as pessoas assumam os seus deveres de cidadania em democracia.

Isso, por vezes, é muito difícil alimentar o optimismo desejado, mas tem que se fazer um esforço para manter a serenidade e, em alguns momentos, o que apetece não ir para a praia, mas pegar numa vassoura, correr para a rua e gritar «a eles, por São Jorge!».

É certo que os sintomas do conhecimento público mostram que eles já estão como a fruta madura, com pequenas manchas discordantes alguma instabilidade e insustentabilidade. Mas não podemos esperar que caia de madura, por estar a apodrecer, porque então já os portugueses, na maioria, morreram de fome.

Seria bom que os governantes aprendessem os bons exemplos que chegam do estrangeiro, como por exemplo:
Reformas com tecto na Suiça
Em Portugal não é assim !!! Somos um País «rico» !!!


Um abraço
João
Saúde e Alimentação