quinta-feira, 23 de junho de 2011

Inspecção Geral de Finanças funciona !

O trauma da crise tem dois aspectos que, complementando-se, hão-de dar bom resultado na recuperação de anos de atraso continuado. Por um lado, saltam agora da obscuridade actos menos dignos que parece terem sido intencionalmente ocultos.

Das notícias mais recentes chamam mais a atenção as que se referem à gestão do dinheiro público que não tem sido objecto do devido respeito. A Inspecção Geral de Finanças detectou casos como:

- Entidades de supervisão do sistema financeiro pagaram seguros de saúde a 569 familiares de trabalhadores
- "Graves deficiências" na contratação de consultoras e outros serviços por empresas do Estado
- Ausência de controlo nos negócios de sucatas por empresas do Estado
- Ministério da Justiça não sabe o que paga nem a quem paga
- Auditoria das Finanças detecta pagamento de subsídio de compensação a magistrados já falecidos

Estas notícias demonstram que os interesses do Estado e a gestão do dinheiro público, dos nossos impostos, têm carecido de cuidados de rigor e seriedade. Não se compreende como se mantiveram ocultos, nem quais as forças que impediram que estes casos tivessem sido detectados, avaliados e sancionados, para que o sistema passasse a funcionar de forma corecta. Talves seja a mudança de Governo que esteja a produzir efeitos.

Mas ao lado do choque que estas notícias causam, há o aspecto positivo que estimula a esperança de que todos os vícios do sistema sejam analisados, avaliados, sancionados e corrigidos pde forma a não persistirem nem virem a ser retomados. A crise deve ser aproveitada para se limpar a casa e eliminar tudo o que é dispensável e o que é prejudicial. Há que lutar por simplicidade, frugalidade, eficácia, rigor, de que resulte óptima gestão dos recursos.

Imagem do Google

5 comentários:

O Guardião disse...

Isto não muda só pela mudança de governos, isto só muda com responsabilização e condenação dos actos irregulares.
Cumps

A. João Soares disse...

Caro Guardião,

Sem dúvida que a simples mudança de Governo não faz milagres, mas vamos sabendo, a pouco e pouco, que havia muitos esqueletos escondidos nos armários, que não saíam porque havia forças ocultas a impedirem a Justiça de investigar. Recorde-se das sucessivas aldrabices e falsificações relacionadas com a «licenciatura» que foram divulgadas pelo blog http://doportugalprofundo.blogspot.com/
Depois houve o caso da TVI, do Aterro Sanitário da Cova da Beira, do Freeport, da Casa Pia, da Face Oculta, etc, etc.
Mas, pelos vistos, a DGF está a olhar criteriosamente para as contas. Esperemos que ninguém a impeça de ir até ser descoberta toda a verdade. E a Justiça também acabará por olhar melhor para o que se tem passado e deixar de andar de olhos ardilosamente vendados.

Abraço
João

Zé Povinho disse...

Esperemos que estas descobertas tenham consequências e que os dinheiros voltem ao erário público.
Abraço do Zé

RAMIRO ANDRADE - O PROVOCADOR disse...

CAROS AMIGOS

É SEM DÚVIDA UM BOM SINAL EMITIDO POR PASSOS COELHO.
O EXEMPLO VEM DE CIMA SEMPRE.....
MAS O QUE EU GOSTARIA DE VER, ERA PASSOS COELHO CORTAR NA ACUMULAÇÃO DE PENSOES MILIONARIAS DOS DEPUTADOS E PRESIDENTES DA REPUBLICA.
NAS REFORMAS OPECENAS DO MIRA AMARAL , COMO POR EXEMPLO OS 18000 EUROS POR MES QUE GANHA DESDE 2004, POR TER SIDO ADMINISTRADOR DA CGD POR 18 MESES + A REFORMA DE DEPUTADO E MINISTRO DE CAVACO.

QUERO VER SE ELE TEM TOMATES PARA MUDAR ESTAS E OUTRAS MAMAS EM PORTUGAL.

SE O FIZER TEM MEU APOIO , E MILITANCIA PARA SEMPRE...

RAMIRO LOPES ANDRADE

RAMIRO ANDRADE - O PROVOCADOR disse...

CAROS AMIGOS

É SEM DÚVIDA UM BOM SINAL EMITIDO POR PASSOS COELHO.
O EXEMPLO VEM DE CIMA SEMPRE.....
MAS O QUE EU GOSTARIA DE VER, ERA PASSOS COELHO CORTAR NA ACUMULAÇÃO DE PENSOES MILIONARIAS DOS DEPUTADOS E PRESIDENTES DA REPUBLICA.
NAS REFORMAS OPECENAS DO MIRA AMARAL , COMO POR EXEMPLO OS 18000 EUROS POR MES QUE GANHA DESDE 2004, POR TER SIDO ADMINISTRADOR DA CGD POR 18 MESES + A REFORMA DE DEPUTADO E MINISTRO DE CAVACO.

QUERO VER SE ELE TEM TOMATES PARA MUDAR ESTAS E OUTRAS MAMAS EM PORTUGAL.

SE O FIZER TEM MEU APOIO , E MILITANCIA PARA SEMPRE...

RAMIRO LOPES ANDRADE