quinta-feira, 10 de maio de 2012

Para confirmar !!!

Leia o artigo. Mas não seja maldoso. Repare que usa os verbos no presente do indicativo e não no passado nem no futuro !!! Mas convém confirmar se ele se esforça por sustentar estas declaradas virtudes.


Vítor Gaspar: “Eu não minto, eu não engano, eu não ludibrio”

Imagem de arquivo

2 comentários:

Campista selvagem disse...

Mais uma graça, só pode ser para rir.

A. João Soares disse...

Caro Campista selvagem,

Parece a bazófia daquele que disse com ar convencido: «Nunca erro e raramente me engano».

E são estes políticos que nos esmagam com a austeridade que lhes apraz, mas a qual é orientada para atingir apenas os que estão distantes do seu bando, clã, mafia, camorra ou como queiram chamar-lhe.