sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

ÂNGELO CORREIA DETENTOR ÚNICO DA VERDADE ABSOLUTA


2 comentários:

Mariazita Azevedo disse...

Na impossibilidade de dirigir a cada amiga/o uma mensagem de Natal personalizada, escrevi umas palavras muito simples mas bem significativas do meu sentir:

“Neste Natal gostaria de trazer-te:
O verde da árvore – a cor da Esperança;
E, das bolas coloridas:
- O vermelho – a cor do meu Amor fraterno;
- O azul – a cor da suavidade dos Anjos;
- O dourado – a cor da prosperidade que te desejo;
- O roxo – a tristeza que sinto quando não te vejo;
- O branco – A Paz que quero para a tua vida.
No tanger dos sinos ouve a minha voz pedindo protecção para ti e toda a tua família.
Seja onde for que te encontres deixa-me ser um pouco do teu Natal.
Mas… acima de tudo, desejo que, na tua noite de Natal, o “Menino” não tenha que perguntar:
- Então e eu? - (V. minha postagem de 27/12/2009 – NATAL DE QUEM?)

Mil beijos natalícios
Mariazita
(Link para o meu blog principal)

A. João Soares disse...

Perante estas belas palavras, tão completas, não encontro nada melhor para acrescentar a não ser que lhas retribuo com o vermelho do meu Amor fraterno e desejo-çlhe uns dias festivos muito alegres na companhia de todos os seus e que o Novo Ano lhes traga tudo o que mais desejarem.

Beijos de Boas Festas e incondicional Amizade
João