sábado, 31 de outubro de 2015

MUDANÇA COM GARANTIA DE SER PARA MELHOR



A MUDANÇA É IMPERATIVA NA NATUREZA. São as mudanças entre o dia e a noite, entre as estações do ano, e em todas as actividades da Natureza. Sem elas não pode haver crescimento, nem vida propriamente dita. O pântano significa estagnação, putrefacção, pestilência.

Hoje, na propaganda política, fala-se de mudança, como se essa fosse uma inovação artificial. Mas não é. É certo que qualquer mudança causa o incómodo de obrigar a alterar certas rotinas e alguns comportamentos e isso leva as pessoas mais obtusas e com mentes imobilizadas a encará-la com receio e pessimismo.

Mas ela é necessária, natural e insubstituível.Porém, para que corresponda à esperança e ao desejo de trazer melhorias, tem que ser bem analisada, calculada, preparada e concretizada com perseverança, inteligência e o máximo rigor possível a fim de os objectivos de melhoria serem atingidos no máximo grau de rigor possível.

MUDAR É PARA MELHORAR e não deve ser encarada como aventura inconsciente. Perdoem-me citar a frase de Salazar: «mudar por mudar é vã tentativa de disfarçar o vazio íntimo». É preciso preparar a mudança com competência e capacidades a fim de serem obtidos os melhores resultados desejados.

Oxalá, os partidos políticos saibam encarar as mudanças necessárias para Portugal crescer e melhorar a qualidade de vida dos cidadãos.